quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Te dedico.

Sabe já faz tempo que eu queria te falar,
Das coisas que trago no peito.
Saudade, já não sei se a palavra certa para usar,
Ainda lembro do seu jeito.

Não te trago ouro,
Porque ele não entra no céu,
E nenhuma riqueza deste mundo.
Não te trago flores,
Porque elas secam e caem ao chão.
Te trago os meus versos simples,
Mas que fiz de coração.

Sabe já faz tempo que eu queria te falar,
Das coisas que trago no peito.
Saudade, já não sei se a palavra certa para usar,
Ainda lembro do seu jeito.

Não te trago ouro,
Porque ele não entra no céu,
E nenhuma riqueza deste mundo.
Não te trago flores,
Porque elas secam e caem ao chão.
Te trago os meus versos simples,
Mas que fiz de coração.

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Um mês sem vc.

Hoje eu queria acordar e...
Brigar com vc.
Queria te dizer todas e ouvir todas.
Queria ficar di mal e depois fazer as pazes, porque eh isso que irmãos fazem.
Queria te ligar de madrugada e perguntar: onde vc tah? Mamys estah aflita!
Queria sair com vc pra dançar... pra te ver dançar.
Pra te implorar: Vamu logo embora antes da ultima música tocar.
Queria abrir a porta pra vc de madrugada e te dizer: Maluca pq tu chegou tão tarde?!
Queria te ligar da rua bem tarde, perguntando se alguém tah me procurando e vc me salvasse me emprestando dinheiro pra eu voltar de taxi.
Queria falar mal do carinha que tu ficaste.
Queria te contar do meu azar com os rapazes e daquele meu rolo com aquele mala, que tu sabes.
Queria abrir a porta de casa pra vc e te ver entrar com aqueela coca-cola e te enxer por todos os alimentos calóricos q compraste.
Queria viver esses e outros momentos q eu viví com vc.
E por fim, queria que esse Sonho nunca terminasse.

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Tudo o que faltou ser.


"Não me escondo do medo de não me reerguer


Do silêncio de uma vida sem você

De tudo o que faltou ser

Não me escondo do medo de não me reerguer

Do silêncio de uma vida sem você

De tudo o que faltou ser."

Sandy Leah.


Ainda não consigo postar sobre outro assunto. Desculpa quem acompanha o blog, se eu jah estou ficando repetitiva. Vou tentar continuar.

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Último Abraço.

E era um adeus...
Eu ouvi teu ateh logo. Se eu soubesse que era uma despedida, teria proolongado aquele que foi nosso último abraço. Mas a vida tem dessas coisas, as pessoas vão de nossas vidas tão rápido e nós não temos tempo de dizermos adeus, de falarmos às pessoas que amamos o quanto as amamos, antes delas nos deixarem para sempre.

Lia, minha irmã, minha amiga, Eu te amo!

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Nos meus Sonhos

Existe um lugar em que eu posso te encontrar.
Existe um lugar que eu posso te abraçar e vc pode me contar
tudo oque vc quiser me contar.
Existe um lugar que eu posso te amar sem sofrer.
Nos meus sonhos...
Eh soh aparecer pra gente " tricotar ".