terça-feira, 11 de setembro de 2012

Sentir


Silenciei minha voz

Meu coração não acompanhou.

Ele pulou, saltou do peito.

Não vê que sou assim?

Não falo de amor.

Me escondo de mim.

 Patty Coelho.

Um comentário: